Você sabe comprar seguro de automóvel?

14 de setembro de 2011 26 Por Telmaiara

O perfil do mercado de seguros sofreu profundas alterações nos anos recentes,
mas nem todas em favor do comprador do seguro de automóvel, por exemplo. E
falo com conhecimento de causa. Ao longo das últimas três décadas, dediquei-me
com ênfase ao treinamento, com vistas ao perfeito alinhamento de profissionais ao
atendimento na venda e no pós-venda do seguro. Minha preocupação maior foi, sempre,
conscientizar esses profissionais de que, em se tratando de seguro, é preciso agir com
prudência, transparência e precisão. E atuei sempre assim, guiada por esta constatação
fundamental: a maioria dos consumidores não conhece os trâmites e procedimentos da
emissão da apólice de seguro e, menos ainda, os preceitos que regulam o processo de
sinistro, aquele momento desconfortável em que ele precisa do seguro.

O comprador de seguro precisa levar em conta, de pronto, que seguro é risco, além de
um produto não palpável, abstrato. Tem peculiaridades só conhecidas e administradas
com correção por profissionais segmentados e especializados. E aqui começa um dos
problemas: não obstante a comercialização de seguros no Brasil seja compulsória pelos
corretores de seguros devidamente habilitados, a questão é a necessidade de muitas
empresas corretoras adotarem prepostos para realizarem um trabalho simples apenas
na aparência.

Diante desse cenário de alta complexidade, onde não são raras as consequências
originadas também pela inexperiência profissional, cheguei à conclusão de que devo dar
uma guinada em minha atuação de tantos anos no ramo de seguros: deixo as vendas,
a formação de profissionais de vendas, e passo a empregar toda minha experiência
e vivência no ramo de seguros para orientar, para ensinar o consumidor a como
comprar seguro de automóvel.

Essa foi uma das razões da criação deste espaço: orientar o consumidor, como o leitor
teve conhecimento na apresentação da primeira edição do blog. Como comprar seguro
de automóvel com segurança, sem o risco de cair nas mãos de golpistas, de amadores,
de corretores piratas, ou como comprar seguros sem ter de engolir produtos casados,
ou enlatados, serão temas de meus primeiros posts no blog. Nessa tarefa, pretendo
interagir com o leitor, trocar ideias e dar dicas sobre negócio tão importante, como é
a compra de uma apólice de seguro, relevância da qual muita gente ainda não se deu
conta. Tudo em linguagem simples, como sempre pede o consumidor, para melhor
conhecer o universo dos seguros de automóveis e nele caminhar sem riscos de surpresas
desagradáveis, garantido por contratos confiáveis e mais seguros.