Laço Forte Assessoria & Corretor de Seguros, uma relação que ajuda alcançar mais clientes e dinamizar o seu negócio
* Programa de treinamento segmentado, grátis, para a corretora e seus colaboradores
* Portfólio completo; Seguros especiais de diversos riscos e serviços inovadores.
*Comprometimento na defesa dos interesses do corretor e maior agilidade no atendimento.
* Soluções mais adequadas ás  necessidades especificas do corretor.

Mercado de seguros: 3 tendências para os próximos 3 anos

download-1As companhias de seguro tradicionais não podem negar que elas sempre foram vistas pelo público ‘com maus olhos’. Apesar de oferecerem serviços essenciais à população, muitas ainda possuem processos obsoletos, que geram dores de cabeça em que os contrata e impedem muitas pessoas de terem um seguro.

Para uma parcela da população, é muito mais cômodo correr riscos do que contratar um seguro, principalmente por causa da enorme burocracia – que consequentemente também aumenta os custos de aquisição dos serviços.

Felizmente, para o consumidor este cenário está mudando.

Nos últimos anos, as companhias tradicionais de seguros estão tendo que enfrentar concorrentes ‘de peso’: conhecidascomo Insurtechs.

Apesar de não terem a mesma infraestrutura e a carteira de clientes que as gigantes, essas startups que usam a tecnologia para oferecer seguros diferenciados e muito mais econômicos estão começando a ditar as regras no bilionário mercado de seguros.

A seguir, veja as três maiores tendências para o mercado de seguros para os próximos três anos.

1. A gigantesca burocracia terá seu fim

Conforme dissemos anteriormente, muitas pessoas deixam de contratar seguros simplesmente por causa da burocracia que as companhias tradicionais impõem. E isso é ruim tanto para elas como para o mercado, que deixa de crescer e beneficiar a economia em geral.

Graças às Insurtechs, as inúmeras visitas às seguradoras, conversas com atendentes e papeladas serão eliminadas, para sempre.

Isso porque essas startups do mercado de seguros usam o melhor da tecnologia para permitir que qualquer pessoa contrate um seguro pela internet, de forma simples, rápida e segura.

E como é o próprio indivíduo que contrata e personaliza o seu seguro, sem necessariamente contar com a ajuda de um atendente, os custos da seguradora são reduzidos.

Ao eliminar a burocracia, as Insurtechs não só irão facilitar a contratação dos seguros, como também reduzir seus preços, permitir que mais pessoas os tenham e beneficiar o mercado de seguros e a economia em geral.

2. A contratação de seguros ocorrerá 100% online

Hoje, a maioria das pessoas compram produtos e serviços por meio da internet, a partir de desktops, tablets e smartphones.

As Insurtechs estão permitindo que a contratação de seguros também seja desse jeito. Qualquer pessoa com conexão à internet pode montar o seu seguro, contratá-lo e obter o seu contrato, a qualquer hora e lugar.

Kakau, que é uma insurtech brasileira, permite a contratação (e cancelamento) de seguros por meio do próprio aplicativo. Tudo é 100% digital e sem burocracia.

Veja outros exemplos de fintechs que estão revolucionando o mercado de seguros no Brasil neste artigo do Conexão Fintech.

3. A definição dos valores será feita de forma mais inteligente

Antes de elaborar o valor de um seguro, a seguradora precisa analisar o perfil do candidato,para saber se ele é cuidadoso ou não com o seu automóvel, a sua residência, a sua vida, etc.

Só que, no passado, as seguradoras avaliavam o perfil dos consumidores de forma parecida. O valor de seus seguros era baseado nos dados preenchidos na cotação. Isso fazia com que pessoas descuidadas mentissem na hora do preenchimento e pagassem o mesmo valor que indivíduos cuidadosos.

Mas isso irá mudar nos próximos anos, graças aos algoritmos de análise de comportamentos. Com eles, as empresas seguradoras conseguem entender melhor o perfil de cada consumidor, personalizar os planos e oferecer vantagens a quem é mais cuidadoso.

ThinkSeg, outra Insurtech brasileira, está fazendo isso. Para o seguro auto, ela disponibiliza às pessoas um aplicativo que analisa o modo com elas dirigem. Por meio de algoritmos, ela consegue descobrir quem realmente é cuidadoso e oferecer grandes descontos.

Essas são as principais tendências para o mercado de seguros para os próximos anos. Para acompanhar as novidades mais de perto e fazer contato com os principais empreendedores deste mercado, não deixe participar do evento InsurTech Brasil.

HOME  Insurtechs.

Sem Comentários mais...

Como você pretende voar se não consegue ignorar o que esta cortando suas azas?

pessimism-or-optimism-smallÉ  horrível quando se esta motivado e focado na certeza de que tudo vai dar certo, daí vem aquela notícia ruim, feito um balde de água fria e derrama sobre você. Mas não se engane, manter a convicção positiva é o que vai determinar o resultado que você almeja .

Pessoas bem sucedidas são positivas, em meio as dificuldades enxergam possibilidades,estão sempre buscando alternativas para fazer mais e obter melhor resultado. Para elas, os problemas são parte da vida e é mais lucrativo se ater ao que pode ser conquistado a partir da eliminação deles. Estas pessoas não veem motivo para que o dia de amanhã seja pior que o de hoje e, elas têm razão, se você pensa positivo diante de uma situação de risco, você é um otimista e atrai para si coisas boas.
Às vezes temos que fingir que somos surdos e até repensar algumas companhias, porque infelizmente, pessoas pessimistas é o que mais encontramos pelo caminho, são um “atraso de vida”, não devemos dar ouvidos a eles, caso contrário dificilmente conseguiremos realizar nossos projetos, sonhos ou superar dificuldades e revesses.
 
Atitude positiva,determinação e persistência são palavras chave para quem almeja ser bem sucedido diante as dificuldades, ainda que pareça ser impossível para outros, não tem que ser para você. É preciso enfrentar desafios com naturalidade, tomar iniciativa, crer mais na sua capacidade de realizar coisas e fazer acontecer, isto é o que vai fazer você ter êxito nos seus projetos!.
 
Sinta a satisfação de fazer algo que outros ainda não fizeram, seja uma pessoa que faz as coisas acontecerem, aceite desafios, enfrente as dificuldades e não admita que, nenhuma pessoa, notícia ou “estatística ruim”, determinem suas atitudes. Confie mais em você, acima de tudo em Deus e prossiga em frente.

https://www.facebook.com/Telmaiara-Gomes-314646068898164/

Sem Comentários mais...

Possíveis Causas de Indenização Negada

indenizacao-cheque-300x241São muitas as causas para a Seguradora do seguro de seu veículo negar o valor da indenização, entre eles estão:

Perfil preenchido de forma errada: Quando ocorre algum tipo de divergência no perfil do segurado do automóvel, a Seguradora pode se negar a pagar o valor de indenização, ou seja, o segurado deve preencher de forma correta e verdadeira todos os dados de seu perfil, pois informações inverídicas e preenchidas erradas, são uma das mais frequentes causas de uma Seguradora negar a indenização ao segurado.

Mudar o perfil: Quando ocorre qualquer mudança no perfil do motorista segurado, como mudança de endereço, mudança em seu estado civil, mudar de carro, ou qualquer outra mudança que mudar seu perfil, deve informar de forma clara e verdadeira a Seguradora, e também a Corretora de Seguros. Informações divergentes, e que mudam o perfil do segurado ao longo da vigência de um seguro de automóvel, pode fazer com que a Segurado se negue a pagar o valor de indenização.

Dirigir alcoolizado: Quando ocorre um sinistro, e a Seguradora de seu veículo provar de forma contundente que o dono ou reponderável por dirigir o veículo estava alcoolizado, a Seguradora tem o direito de negar o pagamento do valor de indenização.

Atrasar o pagamento: O não pagamento do seguro do auto, pode fazer a Segurado não efetuar o pagamento de indenização ao seguro em caso de sinistro de seu carro. O melhor mesmo é manter os pagamentos sempre em dia, e pagos sem atraso, pois um sinistro ao veículo não tem dia e hora para ocorrerem, então para evitar problemas o melhor é efetuar os pagamentos sempre até o seu vencimento.

Emprestar o veículo: Se um carro sofre um sinistro, e a Seguradora prova que o carro foi emprestado por pessoa sem a habilitação, a Seguradora pode por lei, negar o pagamento do valor de indenização dos danos causados ao carro.

Agir de má-fé: Tem alguns casos, onde o segurado, dono do veículo que possui o seguro, faz de forma intencional o sinistro ao seu veículo, nesse caso se a Seguradora conseguir provar que o sinistro foi causado de forma intencional pelo dono do carro segurado, pode ocorrer a negativa do pagamento de indenização por parte da Seguradora.

Ser zeloso com o carro: Pelas normas dos seguros para automóvel, o motorista dono do carro segurado deve ser zeloso com seu carro, ou seja, cuidar para que nenhum sinistro ocorra com o seu veículo.

Se a Seguradora comprova que o segurado não possui zelo, e ocorre algum sinistro ao carro, a Seguradora pode negar o pagamento da indenização, pois o segurado mesmo que tenha o seguro, deve zelar e ficar atento, para que o sinistro não ocorra. Tudo isso é considerado agravo ao risco, que gera a recusa por parte da Seguradora.

Aumentar o risco: Quando o segurado faz a vistoria de seu veículo para fazer o seguro, ou em caso de carro zero km, esses carros não possuam tantos adicionais, e após a adesão ao seguro, o dono do carro faz a modificação e inclusão de som, e outros acessórios que atraiam a atenção de possíveis bandidos, e ocorre o sinistro ao veículo, é um caso que pode causar a negação da indenização pela Seguradora.

Caso o segurado não peça a autorização pela Seguradora para fazer esse tipo de modificação, o problema de negação do pagamento pode ocorrer em caso desse tipo de sinistro.

Estrutura modificada: Quando após a adesão ao seguro do carro, o segurado faz a modificação de alguma parte do carro, ou de sua estrutura, sem o aval da Seguradora, e ocorre o sinistro a esse veículo a Seguradora pode negar o pagamento da indenização.

Nesse caso o segurado perde a cobertura, exemplos como carros rebaixados, e outras modificações do gênero, são recusadas pela grande parte das Seguradoras, o segurado deve ficar atento ao seu contrato, e as cláusulas e normas contidas nele, para verificar se a modificação que fará não vai acarretar em negativa do pagamento da indenização em caso de sinistro ao seu veículo.

Esclareça detalhes com o seu corretor para não perder o direito a sua indenização!

Sem Comentários mais...

A vergonhosa atuação dos fraudadores que atuam no mercado de seguros

2015-833950473-dsc_2533_20150717Desde o lançamento do blog de utilidade pública;  www.seguroebastidores.com  em 2011, concedemos espaço para relatos de pessoas que se sentem lesadas por fraudadores de seguro. Comentamos a vergonhosa e frequente série de fraudes praticadas por “vendedores” piratas de seguros, especialmente  de automóveis.

                                                                   Dorival Presidente do SINCOR D.F

 A reação de organizações piratas tem vindo no mesmo ritmo, ignorando a legalidade da operação de seguros. Eles trabalham na    ilegalidade e continuam cometendo a infração sem a menor preocupação com as consequências e debates sobre o assunto, em fórum específico.

Penso que a as ações com relação aos praticantes da venda de seguro pirata, deveriam ser mais contundentes, no mínimo com multas elevadas, que os fizessem refletir sobre as consequências geradas ao consumidor. Não raro acusamos o recebimento no blog,  de registros de pessoas que se dizem lesados pelos praticantes da venda ilegal de seguros.

Nesse sentido também observamos o empenho por parte da FENACOR E SINCOR de todo Brasil, no enfrentamento da vergonhosa atuação dos fraudadores que atuam no mercado de seguros: organizações piratas, golpistas e agentes não credenciados.

Somos conscientes que para a maioria das pessoas, a conquista do automóvel é árdua e a preservação desse patrimônio pelo seguro é essencial e dispendiosa.

Ninguém duvida de que o seguro é o meio mais eficaz para garantir um bem e a tranquilidade do cidadão. Por isso, a compra do seguro não pode se transformar em motivo de transtorno, em face das ações malévolas de especuladores e golpistas.

Contudo, o consumidor de seguros também deve se manter alerta, não existe “milagre” quando se trata de seguro x estatísticas e frequência de sinistralidade. Esses são fatores que também compõem os cálculos para precificação do seguro. O consumidor deve desconfiar do preço de seguro muito barato!, é preciso ler o contrato, saber como será o procedimento para indenização e ainda quem vai dar assistência na eventualidade do sinistro. O consumidor deve fazer seguro as claras e de forma transparente. Isto só será possível, fazendo seguro com uma companhia seguradora tradicional e com um corretor de sua confiança.

Sem Comentários mais...

Seguro automóvel garantido por contratos confiáveis e mais seguros.


O perfil do mercado de seguros tem passado por profundas alterações nos anos recentes
,mas nem todas em favor do comprador do seguro de automóvel, por exemplo. E falo com conhecimento de causa. No decorrer da minha gestão em uma significante corretora de seguros no Distrito Federal, ao longo de  três décadas, dediquei-me com ênfase á preparação e treinamento, com vistas ao perfeito alinhamento de profissionais ao atendimento na venda e no pós-venda do seguro.

Hoje, após seis anos, administrando o site de utilidade pública, www.seguroebastidores.com no qual escrevo assuntos de interesse dos usuários de seguros e protagonistas do setor, atendo consumidores e corretores, no Brasil e no exterior. Assim tenho esclarecido inúmeras questões  daqueles que me escrevem, para tirarem suas duvidas sobre procedimento de venda e pós venda do seguro e outros assuntos correlatos. Nesse sentido, é surpreendente o índice (cerca de 80%) das pessoas que me procuram através do blog e desconhecem que poderiam contar com apoio e orientação do corretor, muitos sequer sabem que o corretor de seguros existe e poderia para ajuda- lós.

Minha preocupação maior foi, sempre,conscientizar esses profissionais de que, em se tratando de seguro, é preciso agir com prudência, transparência e precisão. E atuei sempre assim, guiada por esta constatação fundamental: a maioria dos consumidores não conhece os trâmites e procedimentos da emissão da apólice de seguro e, menos ainda, os preceitos que regulam o processo de sinistro, aquele momento desconfortável em que ele precisa do seguro.

O comprador de seguro precisa levar em conta, de pronto, que seguro é risco, além de
um produto não palpável, abstrato. Tem peculiaridades só conhecidas e administradas com correção por profissionais segmentados e especializados.

E aqui começa um dos problemas: não obstante a comercialização de seguros no Brasil ainda seja compulsória pelos corretores de seguros devidamente habilitados, a questão é a necessidade de muitas empresas corretoras adotarem prepostos para realizarem um trabalho simples apenas na aparência.

Diante desse cenário de alta complexidade, onde não são raras as consequências originadas também pela inexperiência profissional, passei a dar uma guinada em minha atuação de tantos anos no ramo de seguros:   emprego toda minha experiência e vivência no ramo de seguros para orientar, treinar e preparar corretores e suas equipes, ensino especialmente; como vender o seguro e atender o consumidor de forma satisfatória também no pós venda do seguro.
Essa foi uma das razões da criação do site www.seguroebastidores.com, do meu canal no Yutube e da minha pagina no facebook: Na condição de mentoring, oriento o corretor e seus colaboradores e outros leitores desses canais de comunicação. De forma simples e na prática, presto esclarecimentos de como comprar e vender  seguro de automóvel com segurança, sem o risco de cair nas mãos de golpistas, de amadores,de “empresas  piratas”, ou como comprar e vender seguros sem ter de “engolir outros produtos casados,ou enlatados.

Nessa tarefa, me dedico também á interagir  com o leitor, trocar ideias e dar dicas sobre negócio tão importante, como é a compra e venda de uma apólice de seguro, relevância da qual muita gente ainda não se deu conta. Tudo em linguagem simples, como  pede o consumidor, para melhor conhecer o universo dos seguros de automóveis e nele caminhar sem riscos de surpresas desagradáveis,

Telmaiara Gomes- Mentoring Treinadora de Produtividade 
https://www.facebook.com/Telmaiara-Gomes-314646068898164/

Sem Comentários mais...

Devolução valor do prêmio no cancelamento do seguro

pouparRecebo diversas mensagens de pessoas que pedem esclarecimentos sobre procedimentos para devolução do prêmio, oriundo do cancelamento da apólice de automóvel, então confere ai.

Ocorrendo o cancelamento do seguro contratado na forma do prêmio pago mensalmente, a seguradora não está obrigada a devolver valores, uma vez que o bem se encontra segurado até a data do último pagamento.( seguro mês a mês)

No entanto, se o seguro foi contratado na forma do prêmio pago a vista, ou dividido em parcelas, o ressarcimento do valor por parte da companhia seguradora, deve ser proporcional aos meses que faltam para o final da vigência do seguro. A tabela do cálculo da proporcionalidade,( pro rata) deve constar nas condições gerais da apólice.

Sem Comentários mais...

Seguradora pode não usar tabela FIPE para indenizar terceiros

fipeNão há uma regra fechada no seguro de automóvel que estipule o valor que a seguradora deve pagar no caso de indenização para terceiros. Enquanto que para o veículo segurado a companhia deve ressarcir o valor de acordo com a Tabela FIPE, para quem foi vítima na colisão não há esta obrigatoriedade.

O Corretor Carlos Valle acredita que em caso de indenização integral de veículos de terceiros, o melhor caminho é a negociação. “Não existe cláusula contratual a qual determine que a seguradora deva necessariamente usar a Tabela FIPE como referência”.

Valle menciona ainda que a seguradora pode propor ao terceiro um valor médio levantado por ela com base em pesquisa feita na região onde o terceiro reside.

“O valor deve ser suficiente para que ele possa adquirir outro veículo. Caso o terceiro não estiver de acordo com a proposta de valor é possível tentar uma nova negociação”, completou.

Para o Consultor de Seguros, Sergio Ricardo, a tabela FIPE, em alguns momentos, pode não ser suficiente para repor o bem, mas a pesquisa de mercado pode garantir, inclusive no caso em que o terceiro não se sinta satisfeito e queira reclamar na justiça.

Diante disto, deve-se buscar um acordo entre as partes para se chegar a um senso comum. Caso seja necessário, o terceiro pode contatar o Corretor de Seguros responsável pela apólice do cliente segurado para ajudar na negociação ou solicitar instrução de um advogado

20/04/2017 / Fonte: CQCS | Juliana Leite

Sem Comentários mais...

Corretor empreendedor contribui para recuperação e alta performance de empresas corretoras de seguros

418042_184933081618106_2000617422_n-2O empresário Ricardo Padilla desenvolveu estratégia de gestão para adequar empresas corretoras de seguros aos novos tempos. Com o procedimento proposto, empresas corretoras de seguros vem ganhando fôlego e desenvolvimento, garantindo melhores serviços e resultados para todos, confere.

Há alguns anos o mercado segurador brasileiro conhece uma movimentação caracterizada pela fusão,incorporação,aquisições parciais ou totais de corretoras de seguros.

     Nossa proposta é viabilizar operações entre colegas onde o vendedor possa permanecer com parte das cotas e/ou no caso da venda integral permanecer como funcionário. Por nossa experiência, podemos afirmar não serem frequentes os casos em que o Corretor vendedor se afasta do Mercado Segurador.

      O gestor de uma Corretora nem sempre tem habilidade para enfrentar as tarefas diárias como sinistros, técnica, finanças, operacional, comercial, relações com Seguradoras, etc… Este é o ponto inicial para a oportunidade de fusões entre Colegas que agregam habilidades distintas.

       Nossa especialidade é a facilitação da operação através dos mais modernos métodos de avaliação por profissionais das diversas áreas, todos eles diretamente ligados ao mercado segurador.

     As mudanças em nosso setor de atividade ocorridas na ultima década, nos levaram a traçar uma nova estratégia para o Cenario dos Corretores de Seguros. O modelo de crescimento tradicional está superado dando espaço para quem foca resultados e para tanto, surge com força um novo e importante cenário; o de aquisições de Corretoras. Conforme muitas experiências bem sucedidas e cada vez mais frequentes.

    Um de nossos primeiros passos é fazer um checkup da empresa que pretende ser incorporada por outra. Fazemos uma pesquisa profunda, buscando pontos positivos e negativos – os quais devem ser corrigidos. Da mesma forma como nós nos submetemos a checkups periódicos, para avaliar nossa saúde e adquirir hábitos mais saudáveis, nossas empresas também precisam de um exame criterioso para dar um passo a frente.

        Este é o nosso papel, visando valorizar as corretoras e, consequentemente, a qualidade do mercado segurador brasileiro. Somente com corretoras de alta performance teremos seguradoras produzindo mais prêmios saudáveis e segurados satisfeitos e bem atendidos. 

 Ricardo Padilla- Gestão Corretoras
Padilla Seguros.  51-999875374 e 51 32223137

Jornalista Paulo Burd – Reg Prof SRTE-RS n.º 4075

2 Comentários mais...

Ação inspiradora e relevante para o setor de seguros

17887664_1457864820944282_97510751_o-2Sincor na estrada completa um ano com dezenas de ações desenvolvidas

Com o intuito de proporcionar capacitação aos corretores e seus colaboradores, o Sindicato dos Corretores de Seguros de Santa Catarina (Sincor-SC) estreou o “Sincor na Estrada”. A ação completou seu primeiro ano com o treinamento sobre o DPVAT, sobre o Seguro como ferramenta de proporcionar proteção patrimonial e de vida e também com a divulgação da Cultura do Seguro nas escolas de 1º e 2º grau. Tudo isso foi realizado no interior do Estado, por ser a região com maior carência de informações e treinamentos.

Para o presidente do Sincor-SC, Auri Bertelli, toda essa ação no interior foi necessária para a disseminação de informações claras sobre o seguro. “Através de levantamento junto aos corretores das regiões do interior do Estado, ficou clara a necessidade de levar o treinamento e capacitação aos corretores e seus colaboradores, haja vista que a maioria dos eventos realizados, sempre ocorrem em cidades de maior porte, nas quais ocorre a concentração de corretores”, explicou o presidente.

Durante um ano, foram 15 cidades visitadas, mais de 30 ações desenvolvidas como palestras, pontos de atendimento móvel, reuniões, cursos, distribuição de cartilhas, participação em eventos, encontros de corretores, entregas de kits Nascer Seguro; além de 600 atendimentos sobre o seguro DPVAT e visitação aos corretores nas cidades de Ascurra, Caçador, Joaçaba, Chapecó, Joinville, Luiz Alves, Criciúma, Florianópolis, Xanxerê, Pouso Redondo, entre outras.

O presidente do Sincor-SC se mostrou muito contente com a realização e o sucesso da ação pensada e colocada em prática em Santa Catarina. “Com certeza nossa ideia está atingindo seus objetivos de levar informação e capacitação por meio de cursos e palestras, a disseminação da Cultura do Seguro nas escolas de 1º e 2º grau, com a distribuição das cartilhas “O Mais Importante é Viver Seguro” e o “Passatempo Especial Seguro para Colorir”, especialmente desenvolvidas para as crianças e o atendimento aos beneficiários do Seguro DPVAT, com a informação que este processo é totalmente gratuito”, ressaltou Bertelli.

Para a realização deste trabalho cerca de 11 entidades participaram, como: Procon, Corpo de Bombeiros, ACIC em Caçador, ACIJ e AJORPEME em Joinvile, ACIBR em Brusque, A-CONSEG, Polícia Civil, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e Polícia Rodoviária Estadual.

Aos interessados em trabalhar com a Unidade Móvel do Sincor, ela está disponível para corretores e entidades para realizar o trabalho em todas as cidades do Estado, e para tanto é necessário entrar em contato pelo e-mail [email protected], para agendar a ação.

13 de abril de 2017

Por Manuelle Gouveia

Sem Comentários mais...

Na hora da batalha o sacrifício que deixamos de fazer no treinamento fará falta

Employees Listening to Presentation --- Image by © Royalty-Free/Corbis

Seja um competidor forte…

Quando o assunto é de treinamento não se pode confundir despesa com investimento, que nos remete a pensar em breve retorno. O treinamento transforma as boas intenções em bons resultados, um profissional treinado é melhor do que dois formados, sem treino, não há talento que faça milagre.

Para o treinamento ser  eficaz é preciso que todos estejam dispostos a mudarem hábitos e colocar cada aprendizado em pratica, nesse sentido a liderança tem papel fundamental. O líder deve ter a iniciativa de apresentar os primeiros sinais de mudança, promover  abertura para envolver toda equipe, inspirar, animar, encantar motivar e dar vitalidade ás novas ideias e projetos.

Resistência é natural em todo processo de mudança,mas é preciso persistir e combater. Um bom começo é fazer reuniões semanais evitando “apontar o dedo” e falar de erros ou culpas. A reunião para ser mais proveitosa deve ocorrer pela manha e ser uma conversa agradável, um “bate-papo” de modo que o gestor consegue ir alinhando toda a equipe para o mesmo objetivo dentro da empresa, assim a equipe vai adquirindo uma nova visão sobre como encarar a mudança e consequentemente elas vão  acontecendo.

Potencializar mudança é necessário treinamentos periódicos, então contrate um profissional ou leve sua equipe para treinamento. Aí sim, as mentes dos seus talentos estarão mais abertas a estas mudanças, e neste treinamento, todos precisam estar presentes, uma vez que na próxima reunião com a equipe serão colocadas em prática as novas ideias extraídas do treinamento ministrado,onde se iniciará posteriormente um ciclo.

O segredo para se obter resultado em treinamento é foco, disciplina, persistência, trabalho em equipe, nunca  utilizar a “política do medo”, (onde o colaborador é colocado à prova e escuta que se não der resultados, será demitido) em toda inovação ou mudança, estamos sujeitos a erros.

Para se colocar em prática uma nova ideia, uma nova forma de trabalhar, é preciso ter paciência, disciplina e tolerância, caso contrário a equipe se fecha e as novas ideias podem não ser assimiladas. As sugestões e talentos na nossa equipe são muito bem vindos, por isso é importante dar abertura a todos..

Se quer sobreviver em meio a esse mercado competitivo comece hoje a mudança, envolva a equipe, envolva-se na busca do resultado que reflete pontos positivos para todos. Disponha de tempo e dinheiro para investir em treinamentos, seminários, palestras ou cursos, isto nunca será uma despesa!, alem de bons resultados o conhecimento é algo que ninguém poderá tirar de você.

Treine suas habilidades e aptidões, seja um competidor forte, ponha em pratica o que aprendeu nos treinamentos, caso contrário na hora da batalha é  possível que sinta falta de qualquer sacrifício que deixou de fazer um pouco mais.

Telmaiara Gomes – Treinadora de Produtividade

https://www.facebook.com/Telmaiara-Gomes-314646068898164/ 

 

Sem Comentários mais...

  • Desabafe aqui

  • Ultimas Atualizações

    janeiro 2018
    S T Q Q S S D
    « dez    
    1234567
    891011121314
    15161718192021
    22232425262728
    293031  
  • Arquivos

    Copyright 2011 ® Todos os direitos reservados. Desenvolvido por calorsvz.com