Volkswagen Fox é o veículo com seguro mais barato

Pesquisa foi feita com os 50 carros mais vendidos

Diversos fatores influenciam no valor do seguro de carro, sendo que o modelo é o principal deles. A Smartia, primeiro site de seguros on-line do país, fez uma pesquisa em parceria com a TEx Tecnologia para analisar o valor desse serviço cobrado. Para isso, verificou o preço do seguros dos 50 veículos mais vendidos em setembro de 2018, de acordo com a Fenabrave (Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores).

O Volkswagen Fox lidera a lista com relação ao valor mais baixo (R$ 3.153,56). Em seguida estão o Fork Ka (R$ 3.396,84), o Ford EcoSport (R$ 3.525,88) e o Volkswagen Gol (R$ 3.543,22).

Por outro lado, a pesquisa apontou que os motoristas do Toyota Hilux (R$ 19.406,79) e do Fiat Toro (R$ 10.138,51) são os que mais têm que desembolsar dinheiro para ter uma garantia a mais.

A Smartia fez o levantamento em outubro e considerou os últimos 60 dias. Para o estudo, a empresa pensou em homens, casados, com idades entre 26 e 35 anos e residentes na cidade de São Paulo. Os valores apontados incluem o RCF e o IOF.

Diferença de preços

A diferença de preços nos seguros não está atrelada apenas ao valor do veículo, mas a visibilidade que ele tem. Quando um modelo é mais roubado por ladrões, as seguradoras tendem a cobrar a mais por isso, pois os riscos são maiores.

Além disso, o perfil do motorista é determinante para estipular o valor desse serviço. Como observado, a Smartia considerou um homem, casado, acima de 25 anos. Caso a pesquisa fosse feita para homens com 18 anos, por exemplo, o preço provavelmente seria maior.

A idade do condutor está entre os fatores responsáveis por precificar o seguro de veículos. Se a direção for ocupada por uma mulher, o serviço também pode ter outro preço. Para as seguradoras, elas são mais cautelosas no volante e, portanto, a segurança do veículo é maior do com que eles.

O estado civil é outro aspecto importante para as seguradoras. Em geral, as pessoas casadas têm uma vida social menos agitada, o que faz os riscos de acidentes serem menores. Já o local de residência determina o perigo dos assaltos. Nesse sentido, morar em bairros considerados perigosos pode fazer a diferença no bolso, ainda que o seguro ofereça uma garantia e um ótimo custo-benefício.

Rodrigo Conceição,

Equipe Smartia